Checkup veicular

HC Pneus faz
checkup veicular grátis

Para sua total segurança e paraprolongar a vida útil do seu carro, HC Pneus realiza um check-up veicular gratuito, analisando as condições atuais do seu veículo e inspecionando mais de 50 itens.
A revisão de um carro é obrigatória e serve para verificar se todos os circuitos e peças não apresentam anomalias. É necessária para prevenir desgastes e acidentes.

Orientamos os nossos clientes a fazer o acompanhamento desta inspeção com nosso mecânico, de modo a esclarecer dúvidas e analisar todos os itens necessários de intervenção.

Os 50 itens que compôem o chek-up:

  • Rodagem: pneus, válvulas, balanceamento, calibragem, roda, estepe.
  • Suspensão e Direção: amortecedor, kit, mola, feixe, bandeja, pivô, estabilizador, bucha, barra, terminal direção, rolamento, cubo, coifa, deslizante, ponta homoc.
  • Freio: pastilha, disco, tambor, lona, sapata, cilindro de roda, fluido de freio, sangria
  • Motor: kit embreagem (colar, platô, disco), correias, tensor, aditivo radiador, limpeza radiador, descarbonização do motor, velas de ignição, cabos
  • Óleo Motor, Filtros de óleo, filtro combustível, ar, cabine, ar-condicionado, regulagem do farol

HC Pneus avisará quando deverá realizar suas revisões futuras

Forneça seu e-mail no cadastro para ser lembrado de quando deverá realizar a próxima revisão do seu carro e trocar apenas o que realmente é necessário. Com equipe técnica capacitada e equipamentos de última geração, HC Pneus avalia as condições do veículo com precisão, confiança e rapidez.

Cadastre-se e receba ofertas exclusivas.

Diagnóstico do
sistema eletrônico

Tecnologia e qualidade
de concessionária

Perseguindo soluções tecnológicas e de qualidade para os seus clientes, HC Pneus disponibiliza em suas lojas e ferramenta de diagnóstico PDL 40 que realiza uma rápida identificação do problema do veículo e o seu reparo, sem que nenhum detalhe passe desapercebido.

O PDL 4000 oferece a mesma cobertura dos scanners originais das montadoras. Ele dispõe de cobertura para dezenas de sistemas veiculares, inclusive para as novas tecnologias como híbridos, procedimentos de recuo da pinça de freio traseira, monitoramento de pressão dos pneus, redefinição do óleo do motor, redefinição do fluído de freio, calibração do sensor de posição do volante, entre outros. Ou seja, com este equipamento é possível realizar todos os serviços com a mesma credibilidade e qualidade das concessionárias.

Produnfidade dos testes PDL 4000:

  • Motor
  • Transmissão
  • Controle hibrido
  • Caixa de Transferência
  • ABS
  • Airbag
  • Carroceria
  • Painel
  • Sistema de monitoramento de pressão de pneus
  • Codificação de injetores
  • Regeneração de filtro de partículas diesel
  • Sistema antifurto
  • e muito mais ...

Revisão veicular

Programação
de revisão

Sistema Arrefecimento
Item checado intervalo Tarefa
Líquido radiador (solução) Semanal Verificar volume do líquido radiador
Limpeza do sistema a cada 30.000 Km Drenar, limpar e repor solução
Pneus
Item checado intervalo Tarefa
Rodízio dos pneus a cada 8.000 Km Verificar desgaste e seguir procedimentos
Válvulas a cada 8.000 Km Verificar vazamento e trocar a valvula
Calibragem dos pneus a cada 1.000 Km Conferir pressão correta
Alinhamento de rodas a cada 10.000 Km(1) Seguir procedimento de acordo com o fabricante do veículo
Balanceamento de rodas a cada 10.000 Km(1) Seguir procedimento de acordo com o fabricante do veículo
Freios
Item checado intervalo Tarefa
Fluido de freio a cada 10.000 Km Substituir conforme orientação do fabricante
Pastilhas a cada 10.000 Km Avaliar e substituir quando houver desgaste
Lona / Sapata a cada 10.000 Km Avaliar e substituir quando houver desgaste
Discos a cada 10.000 Km Avaliar e substituir quando houver desgaste
Cilindro Mestre a cada 40.000 Km Avaliar acionamento do pedal
Sistema de Emissão de Gases
Item checado intervalo Tarefa
Sistema de escapamento a cada 20.000 Km Verificar a integridade do conjunto
Catalisador a cada 20.000 Km Verificar eficiência e integridade do sistema
Suspensão e Rodas
Item checado intervalo Tarefa
Amortecedores a cada 10.000 Km Trocar a cada 40.000 preventivamente
Molas a cada 10.000 Km Trocar a cada 40.000 preventivamente
Pivôs, buchas e terminais a cada 40.000 Km Checar quanto a folgas e vazamentos
Juntas homocinéticas a cada 10.000 Km Trocar quando houver danos e vazamentos
Rolamentos de rodas a cada 20.000 Km(1) Verificar ruidos e folgas
Desempeno de rodas a cada 10.000 Km(1) Seguir procedimentos de acordo com o fabricante do veículo
Sistema de Transmissão e Câmbio
Item checado intervalo Tarefa
Óleo do câmbio a cada 10.000 Km Trocar conforme orientação do fabricante
Checagem da transmissão a cada 40.000 Km Verificar sistema e acionamento
Embreagem a cada 20.000 Km Verificar folga e sistema de acionamento
Cabos e sistema de acionamento a cada 20.000 Km Substituir, se necessário
Sistema de Alimentação e Combustível
Item checado intervalo Tarefa
Velas/Cabos de vela a cada 10.000 Km Trocar a cada 20.000 Km preventivamente
Válvulas (bicos) injetores a cada 30.000 Km Análise e limpeza do sistema
Filtro de combustível a cada 20.000 Km Trocar preventivamente
Filtro de ar a cada 20.000 Km Trocar preventivamente
Sistema de injeção a cada 30.000 Km Avaliação e limpeza
Flexíveis e mangueiras a cada 20.000 Km Avaliação e substituição se necessário
Cabos do acelerador a cada 20.000 Km Verificar e substituir se necessário
Motor
Item checado intervalo Tarefa
Óleo Semanal Checar nível e trocar de acordo com o fabricante do veículo
Filtro de óleo a cada 5.000 Km Trocar a cada 10.000 Km
Correias a cada 20.000 Km Trocar preventivamente a cada 40.000 Km
Sistema de Ar Condicionado
Item checado intervalo Tarefa
Checagem ar condicionado a cada 20.000 Km Verificação e limpeza
Higienização ar condicionado a cada 20.000 Km Análise e limpeza do sistema
Filtro de cabine a cada 20.000 Km Análise e limpeza do sistema
Outros Itens
Item checado intervalo Tarefa
Fechaduras e cabos de abertura dos capôs a cada 10.000 Km Verificar, lubrificar e trocar se necessário
Revisão geral a cada 10.000 Km Avaliação completa dos sistemas-de acordo c/fabricante

Obs: Estes são prazos sugeridos, no entanto, de acordo com a utilização, hábitos do condutor, características do trânsito e outros fatores, esses intervalos podem ser alongados ou reduzidos.

(1) Estes prazos podem ser antecipados em função de ocorrências como veículo puxando para um dos lados, percepção do motorista de alterações na dirigibuilidade do veículo, queda em buracos ou choques das rodas em obstáculos.

(2) Estes prazos podem ser antecipados em função de ocorrência de mau cheiro no habitáculo do veículo ou se o veículo circula em locais de grande concentração de poeira e poluição.

Balanceamento de rodas

Assegure vida longa
para seus pneus

O balanceamento das rodas é fundamental para evitar trepidações no veículo, sendo essencial para a conservação dos pneus, visto que impacta diretamente no seu desgaste.
O balanceamento é uma técnica de equilíbrio do conjunto “roda e pneu”, por meio da aplicação de contrapesos fixados na roda.

Para que este serviço seja realmente eficaz, é necessário ter atenção aos detalhes dos ajustes e utilizar dispositivos especiaispara não comprometer a estrutura e a segurança do veículo.

Quando fazer o balanceamento das rodas:

  • A cada troca de pneus.
  • Em condições normais, a cada 5.000km.
  • Por ocasião do rodízio de pneus.
  • Após ter efetuado reparo no pneu ou na câmara de ar.
  • Ao primeiro sinal de vibração no volante ou desgaste irregular da banda de rodagem dos pneus.
O balanceamento das rodas traseiras é tão importante para o seu veículo, como o das rodas
dianteiras. Portanto, não deixe de fazê-lo!

Desempeno de rodas

Cuidado por
onde passa!

Preste atenção e tome bastante cuidado ao passar por buracos ou bater a roda no meio-fio, pois esse ato poderá empenar ou amassar as rodas. Também nunca rode com os pneus vazios pois pode atingir as rodas e danificá-las.
A máquina de desempeno de rodas existentes nas lojas HC Pneus foi desenvolvida com a finalidade de desempenar e desamassar rodas de aço e liga leve em menos tempo e sem pancadas, garantindo assim a originalidade e o design das rodas.

Óleos e filtros

Faça seu motor
durar muito mais

Apesar de se tratar de um serviço simples, a troca do óleo é muito mais importante para a vida útil do motor do que se imagina.

Uma lubrificação deficiente pode causar simples danos, como por exemplo a borra no sistema de depósito, que reduz o desempenho e aumentao consumo de combustível. Além disso pode geraro temido diagnóstico de "motor fundido", que pode representar até metade do valor do automóvel na hora do conserto. Por isso, não use óleos de baixa qualidade ou com especificações erradas.

Os fabricantes de óleo não recomendam o uso de aditivos. Segundo eles, já existe um pacote de aditivos balanceando o óleo e, por isso, o uso de aditivos extras pode até comprometer a vida útil do motor. Existem óleos minerais, sintéticos, semissintéticos e diesel. Confira no manual do seu carro qual é o mais indicado para o seu motor.

HC Pneus trabalha exclusivamente com a marca Mobil.

Clique aqui e confira o óleo indicado para seu carro

Trocar óleo e manter o Filtro é o mesmo que lavar o chão com pano sujo

O filtro de óleo tem por finalidade manter o óleo lubrificante, separando os resíduos que contaminam o óleo, como partículas metálicas desprendidas pelo atrito das peças do motor, óleo carbonizado derivado da combustão do motor, entre outros, protegendo assim os seus componentes internos. O filtro deve ser substituído em cada troca de óleo, pois somente com a substituição de óleo e filtro juntos impedimos a circulação de impurezas no motor.

Trabalhamos com as marcas de filtro:

Higienização
do ar-condicionado

Livre-se dos maus odores,
fungos e alergias!

Quando o ar condicionadodo carro está com muita poeira acumulada em seus filtros, diversos problemas respiratórios podem ocorrer.

Portanto, a troca dos filtros de cabine e a higienização sãoações obrigatórias, que devem ocorrer a cada 10.000 km rodados, evitando um acúmulo excessivo de ácaros, fungos e bactérias causadoras de alergias, bem como odores desagradáveis.

Oxi-sanitização é um tratamento à base de ozônio, não nocivo à saúde humana e ao meio ambiente, que elimina as impurezas orgânicas do seu veículo, prevenindo riscos respiratórios e deixando o ar desodorizado.

Para higienizar o ar condicionado e retirar os maus odores é possível realizar apenas a oxi-sanitização. No entanto, caso o filtro esteja muito poluído será necessário realizar também a troca do filtro de modo a garantir a eliminação das bactérias e a pureza do ar.

Trabalhamos com as marcas de filtro:

Verifique na loja a necessidade da troca do seu filtro.
Trabalhamos com as macas de filtro recomendadas pelos montadores.

Regulagem de faróis

Evite acidentes.Não prejudique
a visão dos outros na estrada!

O farol desregulado ou desalinhado pode atrapalhar a visão dos condutores que estão na direção oposta. Este desalinhamento geralmente é causado por pequenas colisões ou condução em estradas desniveladas, em estradas de terra ou em ambientes úmidos.
Para realizar o serviço de regulagem dos faróis é necessária a utilização de um equipamento específico e técnicos especializados, existentes nas lojas HC Pneus.

Recomenda-se a verificação em todas as revisões do veículo.

Pneus e Válvula

Pneus
e Válvula

Válvula

Você sabia que 30% das avarias em pneus são causadas pela falta de troca da válvula? Assim como as outras peças, a válvula também envelhece e sofre desgaste. Isso pode comprometer a segurança do veículo e a durabilidade do pneu, sendo necessário sua substituição a cada troca de pneus.

Montagem e desmontagem dos pneus

A montagem e a desmontagem dos pneus são tarefas mais complexas do que se imagina

Na desmontagem é necessário retirar a válvula do pneu e do seu mecanismo a fim de o esvaziar completamente. Já na montagem dos novos pneus, as peças como os chumbos ou pesos adesivos, a válvula, a tampa da válvula e a câmara (quando tem), devem obrigatoriamente serem substituídos.

Alguns pneus possuem um sentido de rotação obrigatório, que deve ser seguido por ocasião da montagem. É indispensável revisar a geometria devido aos desajustes, fazendo-se necessário alinhar e balancear as rodas no ato da troca dos pneus. Isso aumentará a duração dos pneus, melhorará aderência à estrada e permitirá uma maior economia no combustível.

Certifique-se sempre que a tampa da válvula e o parafuso das rodas estão bem apertados, a fim de assegurar a manutenção do ar e a segurança dos novos pneus.

Pneus de aros maiores podem exigir equipamentos e cuidados especiais, por isso o preço deste serviço varia de acordo com o Aro.

Rodizio

Equilibre o desgaste dos seus pneus

O rodízio dos pneus nada mais é do que a troca dos componentes de eixo para equilibrar a vida útil dos pneus e proporcionar uma boa estabilidade, especialmente nas curvas e nas freadas. Faz-se necessário também, devido aodiferente desgaste dos pneus traseiros e dianteiros.

Os carros de passeio, na sua generalidade, possuem tração dianteira e são submetidos a maiores esforços. Por isso, os pneus dianteiros são mais propensos a desgastarem do que os traseiros. Esse desgaste se dá pela quilometragem rodada no veículo, quanto mais você anda, mais desgasta o pneu.

Para saber quando o seu pneu está desgastado existe uma marcação na banda de rodagem do pneu (é parte da borracha que tem contato com o solo) chamada de sulco, que pode ser indicado por um triângulo ou letras. Assim você saberá até quando o pneu pode ser usado e fazer a devida troca ou rodízio no momento adequado.

Em alguns casos, é recomendado que se faça o rodízio entre 5.000 km e 10.000 km, ou quando fizer a revisão do veículo.

Depois do rodízio, faça o alinhamento e balanceamento para garantir a estabilidade direcional do seu veículo.

Arrefecimento
Número do Produto:9901124
Categoria:SERVIÇOS
R$ 299,00
R$ 269,01
10% Off
(-R$ 29,90)
3x 89,67 sem juros
Calibragem com nitrogênio

Antes das longas viagens, faça uma checagem da pressão dos pneus

A calibragem com nitrogênio, ao invés de ar comprimido, apresenta menor alteração de pressão e temperatura após longos percursos, podendo aumentar a vida útil do pneu.

Calibrando os pneus com nitrogênio, deve-se utilizar a mesma pressão recomendada para o ar comprimido. Pode-se misturar o nitrogênio com o ar comprimido, porém misturando os gases haverá perda de algumas vantagens físicas do nitrogênio. É recomendável que o usuário utilize um ou outro gás.

A pressão de ar é o fator que mais afeta o desempenho e a durabilidade dos pneus e deve ser verificada semanalmente ou, no máximo, a cada 15 dias. A indicação da pressão correta para o pneu se encontra no manual do carro.

Geometria de direção

Alinhamento dirija com segurança e
economize pneus e combustível

O serviço de alinhamento é realizado através da regulagem computadorizada dos ângulos do sistema de suspensão, de acordo com as especificações do fabricante. A regulagem da posição das rodas, ajustadas nos valores indicados, garante o conforto e a segurança na condução, bem como previne o desgaste antecipado dos pneus.

Quando deve ser feito?

  • A cada troca de pneus ou alguma peça da suspensão.
  • Em condições normais, a cada 10.000 km.
  • Por ocasião do rodízio de pneus ou balanceamento das rodas.
  • Caso as rodas sofram impacto ou o carro rode em terrenos muito irregulares.
  • Quando o veículo apresentar:
    • Volante duro;
    • Vibração do carro;
    • Trepidação das rodas dianteiras;
    • Desgaste irregular dos pneus;
    • Desvios para um dos lados quando o motorista retira as mãos do volante.

Consequências da falta de alinhamento

  • Aumento do consumo de combustível.
  • Desgaste dos amortecedores e molas.
  • Redução da vida útil dos pneus.
  • Desconforto ao dirigir e perda dirigibilidade.
  • Dificuldade em manter o veículo em linha reta.
Cambagem

É quando o ângulo de inclinação da parte superior da roda que está voltada para dentro (negativo) ou para fora (positivo) do veículo. Se o câmber for positivo, o desgaste será no ombro externo; se for negativo, o desgaste será no ombro interno.

Cáster

Responsável pela estabilidade do veículo, o cáster é o ângulo de inclinação para frente (negativo) ou para trás (positivo) do pino-mestre ou do braço de suporte do eixo na parte superior. O cáster irregular provoca um desgaste ondulatório nos pneus e altera todos os demais ângulos da direção. Além disso, o veículo fica instável, puxando para um dos lados, com desvio de trajetória durante a frenagem e vibração no volante em certas velocidades.

Suspensão

Elimina os trancos e solavancos
do seu carro

O sistema de suspensão é responsável pela estabilidade do automóvele tem a função de absorver todas as irregularidades do solo e evitar os trancos e solavancos que incomodam os usuários. O sistema compreende o conjunto de todos os componentes mecânicos que se articulam e unem as rodas do veículo à carroceria.

Há cinco componentes essenciais no sistema de suspensão, são eles:

  • Amortecedores
  • Barras estabilizadoras
  • Pinos esféricos (pivôs)
  • Bandejas de suspensão
  • Molas

Recomenda-se que verificação das condições do sistema de suspensão seja feita regularmente ou a cada 5.000 km.

Amortecedores

O amortecedor está diretamente ligado à estabilidade, conforto e segurança. O seu mau funcionamento acarreta dificuldade no controle do veículo em curvas, freadas, pulos descontrolados das rodas e desgaste prematuro dos pneus e demais componentes da suspensão.

Recomenda-se a troca dos amortecedores preventivamente após os 40.000 km rodados.

Kit suspensão

Composto por coifa protetora da haste e por um batente de poliuretano, serve para atuar como auxiliar da mola na absorção dos impactos gerados na suspensão do veículo.

A coifa tem a função de proteger o selo e a haste do amortecedor da ação de partículas sólidas (terra, poeira, pedra).

Bandejas

A bandeja é um subconjunto do sistema de suspensão que trabalha em harmonia com os demais componentes, ligando a roda ao chassi e contribuindo para a estabilidade e segurança do veículo.

Bandejas com folgas nas buchas ou nos pinos provocam o desalinhamento do veículo causando o desgaste prematuro dos pneus.

É recomendada uma verificação periódica das bandejas e, ao menor sinal de desgaste nas buchas, por segurança e prevenção, substituir a peça completa.

Molas

É o principal elemento elástico da suspensão. Desde a sua instalação, já está em trabalho, permanecendo acionada pelo peso da carroceria do veículo mais as cargas extras. É responsável por absorver as irregularidades do terreno, controlar a altura do veículo e atuar sobre o alinhamento e equilíbrio da suspensão.

Preventivamente, devem-se substituir as molas a cada 60.000 km ou quando detectados sinais de batidas de elos, ferrugem, trincas, quebras, ou quando o veículo apresentar frente ou traseira baixa em relação ao solo, bem como desnível lateral.

Confira nossos preços e solicite já um orçamento.

Freios

A revisão periódica do distema de freios
reduz o número de acidentes.

Além de ser um item de segurança do veículo, o sistema de freios é muito complexo no que se refere à manutenção.

Ele é composto por componentes de fricção e do sistema hidráulico. Os componentes de fricção são todos aqueles que agem utilizando o atrito entre as partes para efetuar a frenagem, já os componentes hidráulicos potencializam as forças das peças que entraram em atrito ou são utilizados para acionar determinadas peças que farão o freio funcionar.

A maior parte dos carros brasileiros tem freio a disco nas rodas dianteiras e com tambores nas traseiras.

Saiba como identificar se o seu carro precisa de manutenção:

  • Chiado quando se freia.
  • Necessidade de completar o reservatório de fluido de freio constantemente.
  • O carro puxa para algum lado quando o freio é acionado.
  • O pedal de freio pulsa quando acionado.
  • O pedal de freio cede (abaixa) quando é mantido acionado.
  • A luz do painel se acende.
  • Os freios não apresentam potência.
Pastilha

A pastilha de freio é uma das principais peças que compõem o sistema de freios. São elas que entram em contato com os discos, reduzindo progressivamente a velocidade do carro até parar. O que pouca gente sabe é que as pastilhas precisam de uma manutenção. Muitos fabricantes estipulam a troca por quilometragem rodada, mas é importante estar sempre acompanhando seu desgaste.

Revise as pastilhas a cada 10.000 km e as troque a cada 30.000 km rodados.

Discos

Os discos de freio atuam em conjunto com as pastilhas, gerando o atrito necessário para parar ou reduzir a velocidade do carro.

É comum o usuário, no momento da manutenção dos freios, trocar somente as pastilhas. Porém, os discos de freio possuem vida útil e deve ser trocado a cada duas trocas de pastilhas.

Seu desgaste varia de acordo com fatores como a forma de condução, variabilidades nos tipos de terrenos, critérios de manutenção preventiva, entre outros.

Tambor

Normalmente situados nas rodas traseiras dos carros, os freios a tambor têm o funcionamento similar ao dos freios de disco. Quando o freio é acionado, a lona toca no tambor para parar as rodas traseiras.

A manutenção desse componente é tão importante quanto a dos freios de disco e sua revisão deve acontecer a cada 10.000 km.

Sapata

Componente do sistema de freios a tambor, a sapata recebe a força de atuação dos cilindros de roda e comprime as lonas contra o tambor de freio, gerando atrito para desaceleração das rodas. Este conjunto não gira, é solidário ao chassi.

Cilindro de roda

O cilindro de roda tem a função de acionar os freios na roda dos veículos com sistema de freio a tambor. Ele recebe a pressão hidráulica do cilindro mestre e empurra as sapatas contra o tambor de freio. O atrito entre tambor e sapata faz com que a roda freie parando o veículo.

Sangria automatizada

A sangria é um procedimento que visa retirar o ar do sistema de freios, já que o ar é elástico qualquer bolha torna o freio ineficiente.

Por meio de um equipamento específico, o fluido de freio é sugado e o ar eliminado.

A sangria deve ser realizada sempre que houver manutenção no sistema de freios, a cada 10.000 km ou quando identificado vazamento.

Fluido

É o líquido que faz funcionar todo o sistema hidráulico de freio. Fica no reservatório acima do cilindro mestre. Pode ocorrer um acúmulo de água no fluído, que reduz a capacidade de frenagem. Ele não deve ser completado. Se baixou o nível, é sinal que há vazamento em algum lugar. Revise a cada 10.000 km ou, no máximo, a cada dois anos se não atingir essa quilometragem.

Confira nossos preços e solicite já um orçamento.

Motor

Atenção com o
coração do seu veículo.

Arrefecimento: limpeza e aditivo radiador

O sistema de arrefecimento serve para manter o motor do carro na temperatura correta e evitar problemas com superaquecimento ou congelamento. Composto por válvula termostática, termo-interruptor e sensor de temperatura, o sistema de arrefecimento deve ser substituído a cada 30.000km, ou quando verificado algum problema, como por exemplo:

  • Cor de ferrugem no líquido de arrefecimento.
  • Nível líquido de arrefecimento baixando acima do normal.
  • Temperatura do motor muito alta ou baixa.
  • Consumo exagerado de combustível.
  • Alteração na rotação do motor e queda de potência.

Para o bom funcionamento do sistema de arrefecimento é necessário mantê-lo limpo, a fim de evitar corrosão e ferrugem nas partes metálicas, o que compromete o desempenho do veículo.

Para isso, o ideal é que junto com a substituição das peças, seja realizada uma limpeza na tubulação do sistema de arrefecimento.

Além disso, é recomendada a utilização de um aditivo no radiador que aumenta o ponto de ebulição e diminui o ponto de congelamento da água, o que ajuda a manter na temperatura ideal o sistema.

Arrefecimento
Número do Produto:9901124
Categoria:SERVIÇOS
R$ 299,00
R$ 269,01
10% Off
(-R$ 29,90)
3x 89,67 sem juros
Filtro de ar e combustível

O sistema de arrefecimento serve para manter o motor do carro na temperatura correta e evitar problemas com superaquecimento ou congelamento. Composto por válvula termostática, termo-interruptor e sensor de temperatura, o sistema de arrefecimento deve ser substituído a cada 30.000km, ou quando verificado algum problema, como por exemplo:

  • Cor de ferrugem no líquido de arrefecimento.
  • Nível líquido de arrefecimento baixando acima do normal.
  • Temperatura do motor muito alta ou baixa.
  • Consumo exagerado de combustível.
  • Alteração na rotação do motor e queda de potência.

Para o bom funcionamento do sistema de arrefecimento é necessário mantê-lo limpo, a fim de evitar corrosão e ferrugem nas partes metálicas, o que compromete o desempenho do veículo.

Para isso, o ideal é que junto com a substituição das peças, seja realizada uma limpeza na tubulação do sistema de arrefecimento.

Além disso, é recomendada a utilização de um aditivo no radiador que aumenta o ponto de ebulição e diminui o ponto de congelamento da água, o que ajuda a manter na temperatura ideal o sistema.

Arrefecimento
Número do Produto:9901124
Categoria:SERVIÇOS
R$ 299,00
R$ 269,01
10% Off
(-R$ 29,90)
3x 89,67 sem juros
Velas e cabos de ignição

A principal função da vela de ignição é conduzir, através dos cabos, a corrente elétrica gerada no transformador até a câmara de combustão. Assim é criada uma centelha elétrica de alta tensão, dando início à combustão.

Se esses componentes não funcionarem corretamente, o carro não vai funcionar.

Não fique na mão. Verifique as velas e os cabos de ignição a cada 10.000 km.

Confira nossos preços e solicite já um orçamento.