A Etiquetagem de Pneus

  • Eficiência energéticaResistência ao rolamento
  • SegurançaAderência ao molhado
  • Meio AmbienteRuído externo

A partir de abril de 2018, os pneus comercializados no Brasil devem ser etiquetados fornecendo informações sobre o seu desempenho, considerando atributos como eficiência energética, segurança e impacto ambiental. Estas informações veem contribuir na escolha dos consumidores, possibilitando decisões de compra mais conscientes.

Pneus Contemplados

  • Todos os pneus de construção RADIAL para automóveis, pick-ups, SUVs, vans e camionetas;
  • Todos os pneus de construção RADIAL para caminhões e Ônibus, para aplicação nos serviços regional, regional severo, rodoviário, urbano e misto (somente eixo direcional);
  • Exceções conforme o regulamento da Portaria 544/12 do INMETRO.

Pneus Não Contemplados

  • Todos os pneus de construção DIAGONAL;
  • Pneus destinados ao uso exclusivamente temporário (spare tire);
  • Pneus de competição;
  • Pneus para veículos de coleção;
  • Pneus de construção RADIAL de Caminhão e Ônibus para aplicação no Serviço Misto (Tração) e Fora de Estrada.

A Etiqueta - como ler e entender as informações da etiqueta:

  • Resistência ao RolamentoA resistência ao rolamento é a força que se opõe à rotação do pneu, sendo influenciada principalmente pelo desenho e composto da banda de rodagem.
  • Aderência no MolhadoEste critério descreve a capacidade de aderência de um pneu em uma superfí­cie molhada.
    Dentre os comportamentos esperados pela aderência, podemos citar:

    * Distâncias de frenagem mais curtas;

    * Melhor dirigibilidade em retas;

    * Maior estabilidade em curvas.
  • Ruí­do externoA etiqueta mostra, neste terceiro critério, uma graduação na qual uma onda representa o pneu mais silencioso e três ondas representam o pneu mais sonoro e menos eficiente.